sexta-feira, 8 de abril de 2011

Nem que seja só por hoje.


'' Gostava de ser forte como tanto me pedes, gostava de apagar essas marcas que permanessem em mim. Gostava, mas não sou capaz. As marcas são profundas e ardem minuto após minuto, já fiz de tudo para as apagar, mas elas teimam em ficar. São como tu e o que sinto por ti, apesar de muitas vezes desacreditares no que te digo, as coisas mudaram mas nem tanto. Podes imaginar mil e uma coisas depois de nós, se é que deixamos de nos sentir unidos, apesar de toda aquela raiva que proferimos. Se um dia deixares de me querer com todos estes meus defeitos, basta deixares-te ir. Se esse dia ainda não chegou, faz-me feliz, faz-nos felizes.. Nem que seja só por hoje!

Nenhum comentário:

Postar um comentário